REVISTA VIGOR

REVISTA VIGOR: Notícias, futebol ao vivo, Fitness

FIT E VIGOR

Moradores de Barros Filho e Rocha Miranda comemoram chegada do programa Prato Feito – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

Com as duas inaugurações, agora já são 22 cozinhas comunitárias atendendo a população que mais precisa – Roberto Moreyra/SMTE

O programa Prato Feito chegou a novos endereços da cidade nesta segunda-feira (24/6). A Prefeitura do Rio inaugurou duas novas cozinhas comunitárias nos bairros de Barros Filho e Rocha Miranda, na Zona Norte. Primeiro foi aberta a Cozinha Comunitária Futuro do Bem, na Rua Tapiraí 41C, em Barros Filho. E, em seguida, a Cozinha Comunitária Tia Celia, na Rua Pão de Açúcar 140, em Rocha Miranda.

Com isto, já são 22 cozinhas comunitárias atendendo a população que mais precisa. Até julho, a previsão é que sejam entregues mais dez cozinhas comunitárias; e, no segundo semestre, outras 23 em diferentes comunidades e bairros, totalizando 55 unidades em todo o Rio.

Em atividade há dois anos, o programa Prato Feito Carioca já distribuiu 3,7 milhões de refeições gratuitas às famílias em situação de insegurança alimentar na cidade.

– A Prefeitura do Rio tem o compromisso de transformar a cidade em uma cidade inclusiva. O Prato Feito é um programa que vem sendo ampliado e realizado por várias mãos. Não se trata só de um programa de combate à fome, mas também de um programa de trabalho e renda – explicou o secretário de Trabalho e Renda, Everton Gomes.

Em Barros Filho, quem está à frente da cozinha é o casal Luana Vieira e Lico Souza, da ONG Futuro do Bem. Antes da inauguração, eles vinham servindo, em fase de testes, 280 refeições diariamente para moradores de Barros Filho, Honório Gurgel e até de Guadalupe.

– O programa é muito bacana. Ele ajuda quem não tem como fazer uma refeição diariamente. É minha válvula de escape, pois só tenho que me preocupar com o café da manhã e o jantar da minha família – disse Thaís Andrade da Silva, de 33 anos, mãe de cinco filhos, de 1 a 16 anos, e moradora da comunidade do Chaves, em Costa Barros.

De acordo com Luana Costa, coordenadora da Cozinha Comunitária Tia Celia, a unidade serviu nesta segunda-feira as primeiras refeições para moradores de Rocha Miranda, Turiaçu e Colégio. A cozinha foi batizada com o nome de Celia da Silva em homenagem à líder comunitária da comunidade Faz Quem Quer.

– Minha mãe, que morreu em 2021, ajudou a alimentar muitas famílias da comunidade com a ONG Estudo Estrela Guia. Tenho certeza que ela está muito feliz com essa homenagem – assinalou Liliane Martins da Silva, que participou com a irmã e os filhos da inauguração da cozinha comunitária em Rocha Miranda.

Antes desempregadas, as cozinheiras Eldicea Ceciliano dos Santos, de 47 anos, Cristina Vidor, de 46, e Andressa Viana, de 21, comemoraram a inauguração da 22ª cozinha comunitária do Rio.

– Estou amando. Além de ajudar muita gente da comunidade, ganhei a oportunidade de voltar a trabalhar. Estava desempregada há cinco anos – contou Eldicea dos Santos, moradora de Rocha Miranda.

Nesta terça-feira (25/6) serão inauguradas as cozinhas Vó Onilia, em Parada de Lucas, e Casa Nails – Brás de Pina, na Penha Circular. Na quarta-feira (26/6) será a vez da Cozinha Comunitária da Frente Maré, na comunidade Salsa e Merengue.

Marcações: Barros Filho Cozinha Comunitária Carioca Prefeitura do Rio Programa Prato Feito Carioca rocha miranda