REVISTA VIGOR

REVISTA VIGOR: Notícias, futebol ao vivo, Fitness

FIT E VIGOR

Festival de Quadrilhas Juninas inicia apresentações do Grupo B nesta quarta-feira

O Festival de Quadrilhas Juninas de João Pessoa entra em sua segunda etapa, com as apresentações do Grupo B. O público que for nesta quarta-feira (12), a partir das 19h, para a arena montada na praia do Cabo Branco vai assistir ao show da cantora paraibana Myra Maya e vibrar com a energia contagiante de seis juninas. A estrutura montada pela Prefeitura de João Pessoa, por meio da sua Fundação Cultural (Funjope), tem capacidade para receber 15 mil pessoas.

Junho é, sem dúvida, o mês mais aguardado pelos integrantes das quadrilhas juninas. Os grupos passam o ano inteiro planejando e ensaiando os enredos das apresentações. Para eles, o São João representa cultura e arte popular. É o momento para celebrar essa festa tão nordestina.

E, nesta quarta-feira, passam pelo arraial montado na praia do Cabo Branco as juninas: Tico Mia, do bairro de Mangabeira; Sucupira, do Padre Zé; Santo Antônio, do Jardim Veneza; Paraíba, do Roger; Pó de Serra, de Mangabeira IV; e Aconchego, de Cruz das Armas. Vão levar alegria, cores vibrantes e uma energia incomparável, que só quem assiste as apresentações consegue sentir.

Tico Mia – A quadrilha junina Tico Mia, do bairro de Mangabeira, se apresenta este ano com o tema ‘Raimundo Jacó – A fé nos trouxe até aqui’. O representante do grupo, Ronaldo Vaz, espera que o público se emocione com a história que eles vão contar nesta noite. 

“A Tico Mia foi idealizada pelos meus pais. Eles queriam celebrar o São João com os filhos, os vizinhos… Juntar todo mundo numa grande família. E deu certo. Já são 40 anos de tradição”, revela. “Hoje somamos inúmeras apresentações na Paraíba e em outros estados. Em nossas apresentações, buscamos levar um mix de emoção, alegria e boas lembranças para o público”, acrescenta Ronaldo Vaz.

Sucupira – Marcos Antônio é o representante da quadrilha junina Sucupira, do bairro Padre Zé. O grupo, formado em 1985, conta com 40 componentes, além de 10 pessoas na parte técnica e cinco diretores. Este ano, eles vão levar para o arraial o tema ‘A Lenda do Folclore: Matheus e Catirina’.

“Em nossas apresentações, tentamos mostrar que a cultura é fundamental para nosso povo, e que o colorido e a alegria precisam fazer parte de nossas vidas”, ressalta Marcos Antônio.

Santo Antônio – Já a quadrilha junina Santo Antônio, do bairro Jardim Veneza, tem apenas três anos de fundação e é a mais recente formada entre os grupos que se apresentam nesta quarta-feira.

“Nossa turma nasceu num evento chamado ‘Arraiá dos Namorados’, da Comunidade São Francisco, no Jardim Veneza. Foi uma festa para homenagear Santo Antônio, conhecido como o santo casamenteiro”, conta Vinícius Freitas, representante do grupo.

Hoje a quadrilha junina Santo Antônio conta com 24 dançarinos e oito pessoas na equipe técnica. Nesta quarta-feira, eles vão levar para o arraial o tema ‘Nordestino sim Senhor!’.

“São João representa muito na minha vida. Para mim, é a melhor época do ano. Acredito que todos do grupo compartilham desse sentimento. É por isso que a Santo Antônio busca trazer a essência da cultura nordestina e preservar nossa tradição. Queremos levar alegria e entusiasmo para quem for assistir nosso espetáculo”, ressalta Vinícius Freitas.

Paraíba – O vermelho, o preto e o branco vão tomar de conta da arena montada na praia do Cabo Branco quando a quadrilha junina Paraíba, do Roger, for se apresentar. Este ano, o grupo vai encenar o tema ‘Manta Roxa: Uma história de vingança e redenção no Sertão da Paraíba’. 

“As festas juninas representam para nós o ponto alto da cultura nordestina. É quando transformamos temas de sofrimento em alegria e beleza”, destaca Edhy Oliveira, representante da quadrilha junina Paraíba. “Nosso grupo é forte e lutador. Esperamos que as famílias sintam a nostalgia de rever uma apresentação com coreografias tradicionais e se encantem com a beleza de figurinos e adereços”, acrescenta.

Pó de Serra – Já Roberta Rayssa Gomes, representante da quadrilha junina Pó de Serra, de Mangabeira IV, tem uma relação forte com o São João. Ela é filha de Roberto Gomes, presidente fundador da Pó de Serra, e Maria José, costureira do grupo. São 36 anos de história e tradição.

“São João é uma festa mágica, me traz alegria e constrói memórias”, ressalta Roberta Rayssa. A Pó de Serra conta atualmente com 32 dançarinos, 10 integrantes na produção e sete músicos. Este ano, o tema da apresentação será: ‘Renda-se à Paraíba’.

“Queremos mostrar para o público nossas raízes e os encantos culturais da nossa terra. Tudo nas cores do algodão colorido e da bandeira do nosso Estado”, revela Roberta Rayssa Gomes. “Espero que o público se alegre e se renda junto conosco”, acrescenta.

Estrutura – No mesmo local, entre 15 e 19 de junho, acontece a etapa estadual do Festival de Quadrilhas Juninas. Para conferir a programação completa do São João Multicultural 2024, clique neste link.

Saúde – A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) da Prefeitura de João Pessoa vai promover o Camarim da Saúde para prestar assistência ao público durante os festejos juninos. O serviço disponibiliza, todos os dias do evento, por meio das equipes de Atenção à Saúde e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu-JP), atendimento médico e de enfermagem, vacinação, testes rápidos de HIV e Sífilis, além de distribuição de preservativos.

Segurança – A Guarda Civil Metropolitana de João Pessoa está com um esquema especial de policiamento preventivo durante os festejos juninos da Capital. O efetivo teve reforço, principalmente, entre os dias do Festival das Quadrilhas Juninas, onde as viaturas e as equipes de policiamento estão se concentrando na praia do Cabo Branco, nos horários que acontecem as apresentações.

Integração – O trabalho é uma ação integrada da Prefeitura de João Pessoa e Governo do Estado, envolvendo várias secretarias, como a Comunicação (Secom), Infraestrutura (Seinfra), Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Saúde (SMS), Meio Ambiente (Semam), além da Guarda Civil Metropolitana (Semusb), Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP), Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), Polícia Militar, Samu-JP e Corpo de Bombeiros.